Oito dicas fundamentais para tempos turbulentos

By 28 de junho de 2018 abril 26th, 2019 Blog, Mercado

Oito dicas fundamentais para tempos turbulentos

No dia-a-dia da administração financeira de uma editora é comum nos deparamos com decisões que privilegiam as finanças no longo prazo mas prejudicam no curto prazo.

Aumento de tiragem e números de lançamentos são alguns destes exemplos. Há uma melhoria nos resultados econômicos com uma imediata piora no saldo em tesouraria. Gerenciar esse desequilíbrio não é fácil e impõe às lideranças decisões difíceis. 

No momento atual que passamos – instabilidade política e aumento na inadimplência – não devemos ter dúvida no que priorizar: melhoria das finanças de curto prazo. 

Apenas para deixar claro o conceito, curto prazo em finanças é tudo o que ocorre dentro de um ano, ou seja, tudo o que impacta as contas de Ativo Circulante e Passivo Circulante.

Quando as editoras passam por turbulências financeiras, com redução rápida e elevada no saldo em tesouraria, algumas medidas precisam ser tomadas. 

Reuni neste artigo oito dicas financeiras para enfrentarmos este momento: 

1. Seja conservador na projeção de vendas e realista nos pagamentos;

Não é raro encontrarmos erros nas previsões financeira das editoras, grande parte destes problemas ocorrem por conta do excesso de otimismo nos novos lançamentos. Não caia nesta tentação, seja conservador na projeção de vendas. Na previsão de pagamentos, seja honesto, não coloque reduções que sabe que não serão cumpridas. 

2. Estabeleça uma política de lançamentos móvel de acordo com a projeção de fluxo de caixa;

Se os clientes não estão pagando, se as vendas estão caindo, não faz sentido manter o número de lançamentos planejado. O resultado econômico será prejudicado, pois a receita de vendas cairá, mas o investimento na produção vai diminuir, o que levará a uma melhoria imediata no fluxo de caixa. 

3. Priorize as reimpressões, elas são menos arriscadas;

Se a disponibilidade de recursos diminuiu, priorize as reimpressões em detrimento aos lançamentos. Reimprimir livro é menos arriscado do que lançar novos produtos – temos uma ideia melhor de quanto vamos vender e o investimento é muito menor. 

4. Não esqueça o Pareto editorial: 20% pagam os outros 80%;

Esta dica é atemporal mas não custa relembrar, não perca tempo com clientes irrelevantes, use seu tempo para tentar aumentar a colocação, venda e pagamento dos clientes mais importantes. Faço o mesmo com livros, dê atenção àqueles que estão vendendo mais. É mais fácil melhorar o que já está bom do que reverter o que está ruim. 

5. Seja rigoroso na definição das tiragens (lançamentos e reimpressões);

Não convém manter as tiragens do passado, tempos duros exigem decisões duras. Reduza a tiragem. Se não sabe quanto reduzir, corte ao menos 15% do volume original. Altere a colocação dos livros, exclua alguns clientes que possuem baixo giro e diminua o reparte de todos os demais. 

6. Lance um livro rapidamente, o tempo é seu inimigo;

Se decidiu lançar determinado livro, lance o quanto antes. Reduza o prazo de produção editorial, este tempo é fatal para o fluxo de caixa.

7. Pense 1.000 vezes antes de criar um gasto fixo;

Não é tempo de aumentar o custo fixo, pelo contrário, se puder, reduza. 

8. DISCIPLINA é fundamental.

Ser disciplinado é importante em qualquer atividade profissional. No caso de gestão financeira é muito mais. Cumpra o previsto, aprenda a dizer não. As editoras que crescem e perduram não são as melhores do ponto de vista editorial e sim as mais bem administradas.

Os tempos turbulentos sempre passam. Aproveite este período para fazer os ajustes necessários em sua operação. Reduza sua alavancagem financeira (dívidas) e operacional (custo fixo). Quando o cenário melhorar sua editora estará melhor do que antes da crise.  


André Castro é formado em Ciências Contábeis pela UFRJ com pós-graduação em Finanças Corporativas pelo IBMEC e Management pela PUC/RJ. É diretor de conteúdo da LabPub e responsável pelas disciplinas de Finanças, Contabilidade e Estratégia.

Posts recentes

28 de junho de 2022 in Blog

Designer de livros premiado também escreve, traduz e pesquisa

Múltiplo, o designer de livros Delfin apresenta um expediente como pesquisador Delfin conta nesta conversa como foi o trabalho de pesquisa que fez para a Editora Globo, auxiliando o jornalista…
Read More
20 de junho de 2022 in Blog

Para livros escritos por mulheres, uma editora dedicada

Expediente de Dani Costa Russo é da estreia com romances O expediente do livro Descanso, de Rafaela Riera, foi o escolhido pela editora do selo Auroras, Dani Costa Russo para…
Read More
13 de junho de 2022 in Blog

Rubem Braga vivo pelo trabalho de um editor

Gustavo Tuna fala das edições de Rubem Braga na Global Editora Editoras que reeditam a obra de grandes autores cumprem um grande papel na cultura. Mas há quando, mesmo depois…
Read More

Nossos cursos

5 de abril de 2021 in Cursos, Todos

Ebook – Faça você mesmo: crie um livro digital e coloque à venda – Turma 4

O mercado de livros digitais revolucionou a indústria editorial. Junto com a internet, os ebooks promoveram as maiores alterações na estrutura do setor desde sua criação. Novos canais de venda,…
Read More
5 de abril de 2021 in Cursos, Todos

Direitos autorais e administração de contratos

O curso Direitos autorais e administração de contratos é voltado ao mercado editorial e está estruturado sobre dois pilares principais: disposições legais e práticas editoriais. Sejam editores, preparadores, designers, gestores ou proprietários…
Read More
5 de abril de 2021 in Cursos, Todos

Curso Formação de Tradutor de Livros | Turma 8

Uma parte significativa dos livros publicados no Brasil é traduzida. E, desses, uma fatia ainda maior provém da língua inglesa. O que se nota, porém, é que o mercado editorial…
Read More