De marketing e paixões

By 18 de março de 2020 Blog

De marketing e paixões

A dedicação ao livro que demonstra o responsável pelo marketing da Edições Sesc Jonas Gomes é como o próprio sorriso dele: sempre presente.

O trabalho de Jonas envolve propagar livros que não são produzidos segundo uma demanda comercial como prioridade. Alguém pode pensar que não há pressão justamente por causa disso. Engano. Ninguém produz livros para não serem lidos. Ainda mais em um catálogo importante, dedicado às artes e ao pensamento como o da Edições Sesc. Ainda mais nas mãos de alguém como Jonas Gomes, um apaixonado pelos livros, pelo significado de humanidade e por esse pedaço de pedra muito peculiar que habitamos, a que muitos chamamos de Terra. Ouvindo Jonas, entendemos que, de uma ação sua de marketing a uma viagem ao sertão do Piauí, nada está desconectado.

LabPub – O quanto, para você, é especial trabalhar com livros como produto? Num mundo de pressões de mercado por todos os lados, é mesmo mais leve se dedicar aos livros? Ou não, no fundo é tudo a mesma coisa?

Jonas Gomes – Livros são meios e bases para todos conhecimentos. Então, trabalhar com um produto desses é um verdadeira privilégio pois durante a labuta há descobertas fascinantes e aprendizado contínuo. Penso que deveria ser assim em todas as profissões, mas entendo que o livro é um facilitador justamente pelo conteúdo, valor e poder em transformar que possui. Claro que há processos administrativo, financeiro e conceitos de marketing que devem ser seguidos como em qualquer outra área de trabalho e/ou produtos. Isso carrega, de certa forma, uma pressão por resultados semelhante a qualquer mercado. Talvez essa percepção de menos pressão se deve ao fato de a maioria do mercado de livros ter, ao menos no Brasil, empresas de origem e cunho familiar geridas ao modo muito particular do dono que, em geral, não era um capitalista selvagem. Também há a característica brasileira de que grandes negócios eram feitos com o governo com venda garantida. Claro que isso está mudando há tempos, mas há muito da formação de profissionais que ainda transmite essa percepção.

LabPub – Como o meio editorial entrou na sua vida? Ou o correto seria dizer que sua vida entrou no meio editorial?

Jonas Gomes – Foi um processo natural, sem planejamento, sem entender, mas que era uma demanda existente naquele momento há 10 anos. A partir de então, houve uma simbiose que considero muito boa para minha vida pessoal e profissional. Conhecer novas pessoas, fazer amizades, participar de eventos e aprender com tudo isso enxergar o mundo através dos livros como produto diferenciados e meio de conexões além das páginas.

LabPub – A gente fala muito em “mudar o mundo”. O mundo precisa ser mudado? Ou são alguns consertinhos pontuais, porque a coisa vai bem, afinal? Você sente que pode mudar o mundo para melhor?

Jonas Gomes – Acho que mudei muito minha percepção sobre isso nos últimos anos, naturalmente. Não quero ser catastrófico no pensar, mas as pessoas que habitam esse mundo realmente não farão dele um lugar melhor para convivências, pelo menos ainda por algumas gerações. Apesar de todo aprendizado que temos recebido, de notar que eu, você, um amigo ou alguém conhecido tenha melhorado em vários aspectos para fazer um mundo melhor, há enormes tarefas a serem feitas e não restará tempo hábil para cumpri-las. Já o mundo… esse sabe muito bem se reciclar, não acabará jamais. Isso ficou muito claro pra mim, quando ainda tinha minhas dúvidas, na última viagem que fiz para a Serra da Capivara, Piauí. Lá, um lugar que já foi mar, mata atlântica e hoje semi-árido, observando os estudos arqueológicos realizados, deu pra ter uma noção do quanto o mundo é infinito e sabe renascer.

Posts recentes

14 de julho de 2020 in Blog

Uma vivência chamada DESIGN THINKING

Uma vivência chamada DESIGN THINKING Daniela Senador, professora do curso que tem início em agosto na LabPub, conta como descobriu a metodologia que vem transformando também o mercado de livros…
Read More
14 de julho de 2020 in Blog

O mercado editorial para historiadores – Parte II

O mercado editorial para historiadores – Parte II Não exclusivo para formados em Letras, Editoração ou Jornalismo, o Mercado Editorial é muito comumente habitado por historiadores. Luara França e Daniel…
Read More
14 de julho de 2020 in Blog

O Lobo e o Molusco na literatura

O Lobo e o Molusco na literatura Pareceria do roteirista e editor com o autor do canal de YouTube Mundo Molusco alcançou grande sucesso no Catarse e já investe em…
Read More

Nossos cursos

13 de julho de 2020 in Cursos

Oficina de Quadrinhos – como construir uma HQ: Tema, estrutura, personagens, narrativa, produção e venda

Existindo como embriões da arte desde antes da escrita, as histórias em quadrinhos são uma forma de expressão artística que se utiliza de imagens em sequência para contar uma história.…
Read More
6 de julho de 2020 in Cursos

Produção Gráfica para Livros – T2

Mesmo com as novas possibilidades de formatos digitais para diversificar a publicação de conteúdo editorial, a publicação de livros impressos continua tão forte como nunca. Quer seja para entretenimento, estudos…
Read More
23 de junho de 2020 in Cursos

OFICINA DE POESIA: conceitos fundamentais e caminhos para sua escrita

A cada década que passa surge, aqui e ali, alguém para dizer que não há mais poesia possível nesse mundo, que poeta é coisa de antigamente, que poesia não vende……
Read More